Rio de janeiro foi capital do brasil em que periodo


Em 29 de junho de 1891 foi aprovada pela Assembleia a primeira constituição do Estado do Rio de Janeiro. 1892 - o Papa Leão XIII cria a Arquidiocese do Rio de janeiro, a segunda do Brasil depois da Arquidiocese de São Salvador da Bahia. 1894 - Transferida a capital do governo do Estado de Niterói para Petrópolis. O Período Joanino foi a época da história do Brasil colonial iniciada com a vinda de D. João VI e a Corte portuguesa em 1808. Nesse período, o Brasil sofreu uma série de alterações para dar suporte ao abrigo da Corte, que permaneceu na colônia até 1821, quando D. João VI, por pressão das cortes portuguesas, retornou para Portugal. O governador-geral Tomé de Sousa possuía extensos poderes, e administrava em nome do rei a capitania da Bahia, cuja sede, Salvador -- primeira cidade fundada no Brasil, foi também sede do governo geral até 1763, quando a capital da colônia foi transferida para o Rio de Janeiro. O território atual do Rio de Janeiro localizava-se em trechos das Capitania de São Tomé e de São Vicente, na época do sistema de Capitanias Hereditárias no Brasil. Com o objetivo de evitar a ocupação da região pelos franceses, em 1º de março de 1565 foi fundada a cidade do Rio de Janeiro, por Estácio de Sá. Em 8 de abril de 1892, foi promulgada a primeira constituição do estado do Rio de Janeiro, o qual, como a antiga Província do Rio de Janeiro, tinha como capital a cidade de Niterói. A cidade do Rio de Janeiro, antigo Município Neutro da Corte, adquiriu o título de Distrito Federal. O "boom" da exportação de borracha da Amazônia e a possibilidade de contar com capitais estrangeiros fez com que o presidente adotasse uma política de modernização, voltada para a reurbanização de áreas e locais públicos que se encontravam em situação de degradação. A capital do país, a cidade do Rio de Janeiro, foi o alvo ...